Você está aqui: Página Inicial > Notícias > CGU lança o I Concurso de Boas Práticas da Rede de Ouvidorias

Notícias

CGU lança o I Concurso de Boas Práticas da Rede de Ouvidorias

Notícia

As ouvidorias públicas de todos os entes poderão participar do concurso, que premiará as melhores práticas em três categorias
por OGU publicado: 18/05/2017 08h16 última modificação: 18/05/2017 08h22

Foi lançado hoje o edital do I Concurso de Boas Práticas da Rede de Ouvidorias. O concurso de iniciativa da Rede de Ouvidorias tem por objetivo estimular, reconhecer e premiar iniciativas desenvolvidas pelas ouvidorias, em todos os níveis da federação, que promovam o aprimoramento do controle social, a ampliação de espaços e canais de participação social na gestão e a melhoria na prestação de serviços públicos por meio de ouvidorias.

As ouvidorias públicas de qualquer dos entes e poderes da Federação poderão inscrever até uma experiência em cada uma das seguintes categorias: aprimoramento do controle social; ampliação de espaços e canais de participação social; melhoria na prestação de serviços públicos por meio das ouvidorias. Serão premiadas as 3 melhores práticas com certificados em cerimônia a se realizar por ocasião da primeira reunião da Rede de Ouvidorias de 2018. As inscrições estarão abertas entre os dias 15 de maio e 31 de agosto  e deverão ser realizadas por meio do envio da ficha de inscrição para o endereço eletrônico rede.concurso@cgu.gov.br.

A Rede de Ouvidorias foi criada por meio da Portaria CGU nº 50.253/2015 com o objetivo de fortalecer e integrar as atividades de ouvidoria, de maneira a promover a participação social, contribuir para a eficiência da gestão pública, bem como fomentar a transparência e o controle da legitimidade dos atos públicos. Integram a Rede de Ouvidorias: a Ouvidoria-Geral da União; as Ouvidoria-Gerais das capitais de estados e órgãos equivalentes, no âmbito do Poder Executivo, que aderiram ao Programa de Fortalecimento das Ouvidorias (PROFORT); as Ouvidorias-Gerais das capitais de Estados e órgãos equivalentes, no âmbito do Poder Executivo, que aderiram ao PROFORT; e ouvidorias de outros Poderes no âmbito da União que aderiram ao PROFORT.

Para maiores informações consulte o edital.